Hoje eu quero falar sobre viver intencionalmente e a importância disso pra você ganhar sua liberdade e sair do piloto automático – de uma vez por todas. Esse assunto me apareceu essa semana que passou, e tem tudo a ver com design de estilo de vida, e tem tudo a ver comigo ~ porque eu descobri que eu pratico esse tal de “intentional living” e não sabia. Ou tinha dado outro nome – viver com propósito.

Viver intencionalmente, na verdade, é mais simples do que parece. E é exatamente o que o nome diz – viver com intenção, fazer escolhas com intenção. Incorporar na sua rotina a tomada de decisões intencionais, de acordo com o que você acredita, com seus valores, e sua visão de futuro.

Ah a visão de futuro… já falei muito disso, né? Sabe o que eu já falei muito também? O poder das escolhas. Das grandes àquelas bem miúdas que você acha que não tem impacto na sua vida, mas tem. E é através daí, quando você toma consciência disso tudo, que você começa a perceber que pode viver intencionalmente, e agarra esse direito de liberdade que você tem de decidir seu hoje e seu amanhã também.

Eu fiz uma live (ontem na verdade) com o resumo de uma Tedx sobre esse assunto. Eu fiquei fascinada com essa coisa de viver com intenção com isso, pra ser sincera. Vou deixar a live aqui – é longa, mas talvez valha a pena! 😉

Se tiver dificuldades para visualizar, clique aqui.

“Não reclame do vento, não espere por condições ideais de navegação. AJUSTE suas velas e NAVEGUE!”
– Não sei quem disso, mas copiei.

  • Por que eu devo entrar nessa de viver intencionalmente?

Por que não? Por que não começar a sair desse piloto automático, e começar a tomar decisões no seu dia-a-dia de forma mais consciente e intencional? Por que não começar a fazer o que você realmente quer, e não o que se sente na obrigação de fazer? Por que não comprar, comer, acordar com intenção e melhorar sua qualidade de vida, ao invés de agir de forma inconsciente que, no final das contas, vai te levar à uma vida insatisfatória? A questão não é “por que não deveria”, mas sim “por que não?”

  • Como eu posso aderir ao “intentional living”?

Comece pensando no que você faz ou tem na sua vida nesse momento que vai contra seus valores e as coisas em que você acredita. Pense também na sua visão de futuro (que vai muito além de aposentadoria, ok?). O que você gostaria de construir? Aprender? Vivenciar? De que forma você queria que sua vida fosse? O que você gostaria de mudar?

Tome a decisão de mudar intencionalmente – sabendo a intenção por trás da sua escolha, e com real intenção de fazer isso funcionar. E comece a caminhar na direção desse seu objetivo – seja ele grande ou pequeno, e a velocidade quem dita é você. Não vale não sair do lugar porque você quer correr, mas só pode engatinhar. Qualquer movimento que você dê, no entanto que seja pra frente, vai ser válido – e pode causar um grande impacto! Pratique fazer suas escolhas sempre alinhadas aos seus valores, o que você acredita, e sua visão de futuro. Desde o que você come, passando pelo que você compra, até as viagens que você gostaria de fazer.

  • Izabelle, como você vem fazendo pra viver com intenção?

Olha, no meu caso, eu percebi que tô praticando isso há muito tempo. Só que hoje, com muito mais intensidade e certeza. Eu decidi arriscar ser minha própria dia 1º de janeiro de 2014. Porque eu queria liberdade de horário pra investir na minha carreira de fisioterapeuta (e poder fazer os estágios obrigatórios também). Em 2014 (há exatos 4 anos atrás), eu também tomei a decisão de deixar tudo pra trás e vir morar aqui ~ essa escolha veio por conta da liberdade, a outra, também. Liberdade realmente é um valor muito forte em mim.

Hoje eu já ando tomando atitudes menores. Como eu digo no final da live, parece besteira, mas o simples fato de eu tá pintando a unha, lendo, e sempre tendo flores na sala, andam fazendo uma grande diferença na minha vida. São coisas “bestas”, mas que tão me auxiliando de alguma forma a melhorar minha qualidade de vida, consequentemente, meu trabalho. Eu também não faço mais nada que vá contra o que eu acredito, e contra meus valores. Especialmente hoje que eu sei o que isso significa, e o impacto que desrespeitar quem você é pode ter na sua vida.

 

Mas tudo começa com autoconhecimento, sabe? Você se entende, se conhece, e aí vai realmente praticar ações e escolhas que estão alinhadas com quem você é, seus valores, o que você acredita, e sua visão de futuro. Não é simples, é uma jornada. E eu sempre comento isso aqui. Tem que ter paciência – no caso do intentional living, a paciência é dobrada. E olha, tenho certeza que vai valer a pena!

Se você quer começar a viver com intenção, a praticar o intentional living, eu posso te ajudar. Abaixo tem tem links pra você acessar com coisas gratuitas, ou você pode tá entrando em contato comigo pra gente fazer uma sessão sem compromisso. Clica aqui pra preencher o formulário. Super simples!

Clique aqui para baixar o e-book “Design de Estilo de Vida na Prática” gratuitamente.

Bjo,
Belle – @suavidadesenhada

YouTube | Facebook | Instagram | Contato | e-book WhatsApp

Clica aqui pra se inscrever no mini-curso Dreamlist –
Transformando Sonhos em Metas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *